Vício em Jogos de Azar no Brasil

O vício em jogos de azar pode atingir qualquer pessoa por mais informada e precavida que ela seja. O quadro se instala quando o jogo começa como um passatempo divertido e se transforma em uma obsessão que pode ter consequências desastrosas. O problema sério com jogos pode levá-lo a dificuldades financeiras, destruir relacionamentos e prejudicá-lo no trabalho.

O vício em jogos é um comportamento patológico e compulsivo. Necessita de tratamento e acompanhamento psicológico. Muitas vezes a pessoa doente demonstra ou sinaliza que a situação está saindo do controle e nesse momento qualquer pessoa informada poderá ajudar o doente a superar esse momento.

01. Como Não Cair no Vício

Como foi dito anteriormente, o vício é uma doença e por esse motivo deve ser tratada. Para não se transformar em uma situação crônica, muitas vezes é preciso ter algumas atitudes como controlar a ansiedade. Sabemos que a negação é outro fator que dificulta o processo de “cura”, pois, o primeiro passo é aceitar que esse é um comportamento desajustado e aceitar ajuda.

Veja a seguir uma lista com algumas recomendações para que você não caia nessa armadilha e alcance o equilíbrio nas apostas.

  • Defina o tempo: para que você tenha controle sobre o seu comportamento é necessário observar o tempo que passa em frente ao computador. O ideal é definir um horário que você pode permanecer no site. Obedeça aos horários, tente não extrapolar o tempo.
  • Defina os Limites de Depósito: quando há um limite para as apostas certamente o usuário terá mais dificuldade em acessar as jogadas. Isso é importante para controlar o quanto se gasta nos jogos.
  • Autoexclusão: o cliente que não consegue se livrar do vício poderá acionar o mecanismo de autoexclusão para sair definitivamente dos jogos. O período de duração pode variar de 6 meses a 5 anos.
  • Controle do jogo: em muitos jogos o cliente pode configurar os seus limites de apostas e perdas antes do início das rodadas. Certamente uma forma bastante eficiente de fazê-lo parar antes que as perdas sejam muito grandes.

Seguindo esses conselhos acima você terá menos chances de tornar-se um apostador com problemas de vício. São medidas simples que podem deixá-lo menos vulnerável. Um apostador que vive com a necessidade de fazer apostas pode migrar para outras manifestações patológicas como depressão, enxaqueca, angústia e outros sintomas.

02. Sinais de que Você Pode se Viciar em Jogos de Azar

Muitas pessoas simplesmente não conseguem enxergar seu comportamento problemático. Mesmo amigos e familiares tentando alertar sobre a situação, o viciado simplesmente ignora os fatos em um movimento de negação da realidade.  Saiba quais são os sinais que irão indicar o alerta vermelho na sua relação com os jogos de azar de acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de

Transtornos Mentais:

  • O indivíduo joga com quantias altas para sentir a excitação desejada – essa é uma característica marcante e preocupante dos clientes problemáticos. Existe a dificuldade em manter a saúde financeira dessas pessoas.
  • Tentativas de parar ou diminuir o acesso causam inquietação ou irritabilidade – sem dúvidas esses sentimentos podem evoluir para outros sintomas, inclusive depressão, alterações de humor e dores físicas.
  • Eles falham repetidamente nos esforços para controlar ou interromper os jogos – o vício transforma-se em ciclo onde o doente não consegue satisfação sem fazer apostas. Depois existe o sentimento de culpa ao falhar em controlar as atitudes.
  • Eles geralmente estão preocupados com o jogo – as outras atividades diárias ficam em segundo plano. O foco total em conquistar e a excitação das partidas estão acima de questões importantes e até familiares.
  • O jogo é usando como uma forma de lidar com o sentimento de angústia – muitas vezes a pessoa com vício em jogos deixa de lidar com questões pessoais dolorosas transferindo o problema para as apostas.
  • Eles perseguem suas perdas, apostando mais para recuperar o dinheiro que foi perdido – infelizmente muitas pessoas tentam recuperar dinheiro, mas isso pode deixá-lo cada vez mais ligado aos jogos e apostas.
  • Eles mentem aos entes queridos, a fim de esconder o quanto eles jogam – esse é um comportamento clássico de quem sabe que está tendo problemas para livrar-se dos jogos. As críticas ao comportamento são ignoradas também dessa maneira.
  • Suas atividades de apostas comprometeram ou causaram perdas de um relacionamento importante, emprego ou oportunidade educacional – quando a situação do jogador está realmente passando de todos os limites, o afastamento de pessoas do círculo familiar e a impossibilidade de pagar as dívidas causam ainda mais dificuldades emocionais.
  • Eles confiaram outras pessoas para lhe fornecer dinheiro, a fim de cobrir suas obrigações financeiras depois de perder dinheiro com os jogos – o perigo de pegar dinheiro com bancos ou terceiros para cobrir dívidas é muito grande e muitos apostadores viciados acabam na miséria.

Se você ou algum conhecido apresentam mais de um desses sintomas pode ser que precise de ajuda. O vício em jogos é mais comum do que se imagina e a melhor forma de resolver é encarar os problemas de frente. O próximo passo é procurar suporte e conselhos profissionais. Para ajudá-lo nessa missão existem algumas organizações altamente preparadas.

As companhias possuem profissionais especializados na área de vício e problemas com jogos. A empresa de cassino deve garantir a segurança dos seus clientes e oferecer alguns recursos para que ele tenha a possibilidade de diminuir drasticamente ou até fechar a conta no site. A autoexclusão é uma boa maneira de minar o acesso dos clientes aos cassinos online.

Não tenha medo ou vergonha de pedir ajuda, com o passar do tempo você reassumirá o controle dos seus atos e voltará a uma rotina normal.

03. Onde Obter Ajuda

Parar uma atividade que você gosta e que lhe é prazerosa pode ser um desafio muito grande. Mas em alguns momento essa parece ser a única alternativa viável. Faça o possível para ficar longe do jogo, mas se isso parece impossível e se houver recaída não se sinta mal, esse é um comportamento comum.

Uma grande chave para saber as motivações do vício é conhecendo os gatilhos que o levam ao comportamento desajustado.  É importante ressaltar que algumas pessoas até conseguem parar por um tempo, mas acabam sendo atraídas novamente para o mundo das apostas. Para que uma pessoa com vício acabe de vez com esse problema talvez seja necessária uma ajuda especializada.

Algumas organizações online e offline estão à disposição para oferecer ajuda a pessoas que se viciam em jogos de azar. Caso você queira conhecer alguns dos mais importantes grupos de apoios acesse os seguintes links:

http://www.gamblersanonymous.org/ga/content/about-us

http://www.bettors-anonymous.org/

Para sites no Brasil

http://grupoesperanca.com.br/

https://www.helpguide.org/articles/addictions/gambling-addiction-and-problem-gambling.htm

Nos próprios sites de apostas disponíveis na web existem serviços de encaminhamento para algumas das mais importantes instituições de ajuda. Busque casinos com o sistema de apoio ao jogo responsável. Isso consiste em políticas e requisitos que se aplicam as partes interessadas no jogo e protege os jogadores das possíveis consequências.

Sabemos que o jogo deve ser tratado como um passatempo e não como um investimento financeiro. Empresas que oferecem o jogo responsável destacam algumas áreas a serem cuidadas:

  • Proteção aos jogadores vulneráveis
  • Prevenção de jogos para menores de idade
  • Medidas de segurança contra atividades criminosas
  • Privacidade da informação
  • Pagamento online protegido
  • Ambiente online seguro
  • Marketing ético e responsável

No que se refere a proteção aos jogadores vulneráveis, medidas como autoexclusão, limites para pagamentos e limitação de tempo para gastar em sites de jogos devem ser impostas para que os usuários tenham mais recursos de impedir comportamentos desajustados. Em alguns países os jogadores podem assinar um termo de autoexclusão de todas atividades relacionadas a jogos de sorte e azar por tempo indeterminado.

Qualquer empresa é responsável diretamente pelas suas atividades e deve garantir que os princípios dos jogos responsáveis sejam respeitados e compreendidos por todas as partes. Embora essas empresas não estejam em contato direto com seus usuários, elas estão sob requisitos morais e jurídicos. Para isso deve propor ferramentas que, de fato, garantam a segurança dos seus clientes.

04. Resumo

Como foi dito anteriormente as partidas devem ser divertidas e as apostas não devem ser tratadas como investimento. Ganhar dinheiro fácil é uma ilusão vendida por essas empresas e o cliente que compra a ideia de receber dinheiro a todo momento durante as apostas poderá ter uma grande frustração.

O vício em jogos de azar é o desejo incontrolável de continuar a jogar apesar do alto preço dessas ações. O jogo é tão viciante quanto drogas ou álcool e estimula o sistema de recompensa do cérebro. Aqueles que sofrem de um vício em jogos de azar descrevem o vício como um sentimento de perda de controle das próprias ações diante dos jogos.

Existem alguns recursos que podem ser acionados assim que o cliente percebe os comportamentos patológico. Infelizmente nem todos conseguem perceber que esse é um péssimo caminho para seguir. Depois de entrar em um ciclo destrutivo, os indivíduos podem demorar a querer enfrentar as consequências negativas.

Os recursos de apoios e órgãos especializados são essenciais na ajuda dessas pessoas. Se você ou um ente querido estão viciados em jogos, talvez seja hora de procurar ajuda. Entre em contato com algumas dessas instituições de apoio e seja encaminhado rapidamente para um tratamento.

Fred Rogers
Fred Rogers
Editor e especialista do setor.
Trabalho: Editor e especialista do setor.
Experiência na indústria: Tendências da indústria, história dos cassinos, mercados de jogos.
Sobre: Meu nome é Fred Rogers. Trabalho como editor de conteúdo de um dos melhores sites dedicados à indústria de jogos: cassinobrasil10.com. Durante toda a minha vida, moro em Rio de Janeiro e, durante os últimos anos, editei e escrevi textos relacionados a cassinos, roletas etc. Acho que nosso site será útil para você!
Isso foi útil para você? Classifique este artigo
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars LoadingLoading...
10 votos